Tags

Salam!

Em nome de Allah, O Misericordioso, O Misericordiador!

 O Louvor é para Allah, O Louvamos, Imploramos a Sua ajuda e Suplicamos o Seu perdão. E nos refugiamos em Allah contra o mal das nossas almas e das nossas más ações. Aquele a quem Allah guiar ninguém poderá desencaminhar e aquele a quem Allah desencaminhar ninguém poderá encaminhar. Testemunho que não há divindade digna de adoração exceto Allah, o Unico e testemunho que Muhamad é Seu servo e mensageiro. Que a paz e as bênçãos de Allah estejam com nosso amado Profeta Muhamad SAAS, com seus familiares, seus companheiros e com todos seus seguidores até o Dia do Juízo final. Amin!

 A nossa aula de hoje fala de um assunto muito importante para todo o muslim. Nossa aula de hoje é sobre o Jihad al-nafs, ou seja, Jihad (esforço) contra nosso próprio ego. Esse jihad não é um esforço do corpo, mas sim do coração. Nessa aula insha Allahu Ta’ala falaremos sobre o que é o Nafs e o que é o jihad, e após isso uniremos as duas expressões Jihad al-nafs.

Bom, mas o que é o Nafs (ego)?  Allah SWT nos informou no Quran que existem 3 tipos de Nafs.

primeiro tipo de nafs é o denominado por Allah como: “Nafsu amaratun bi su” ou seja, o Nafs que incentiva a fazer o mal. Esse tipo de nafs é aquele que busca o ruim, que busca o haram. Este é o pior tipo. Allah SWT disse:

“…porquanto o ser é propenso ao mal, exceto aqueles de quem o meu Senhor se apiada, porque o meu Senhor é Indulgente, Misericordiosíssimo.”  (Yussef 53)

“… ina al nafsu amaratun bi su ila man rahima rabi ina rabi Ghafurun Rahim.”

segundo tipo de Nafs é o denominado por Allah como: “Nafs Lawamah”, ou seja, o nafs que condena a si mesmo. É aquele nafs que quando faz um  haram logo se reprova. Allah SWT disse no Quran:

“Juro, pelo Dia da Ressurreição, E juro, pela alma que reprova a si mesma” ( Qiamah 1-2).

“La uqsimu bil yaum al qiamah, wala uqsimu bil nafsi lawamah

Mas…porque Allah SWT colocou esse tipo de nafs na sura al Qiama (A ressurreição)? Porque uma coisa é ligada com a outra. Se você quer que seu nafs condene a si mesmo deverá lembrar muito do dia da ressurreição. Lembrando do Dia da Ressurreição você lembrará dos seus pecados e então sua alma se reprovará.

terceiro tipo é o Nafs Al Mutmainah, é o Nafs em Paz. É aquele nafs preenchido com a fé e com a luz de Allah SWT. É o nafs confiante em Allah, temente a Ele. Nafs que ama Allah e que busca Allah SWT. Vejam como Allah SWT fala desse nafs no Quran:

“E tu, ó alma em paz, Retorna ao teu Senhor, satisfeita (com Ele) e Ele satisfeito (contigo)! Entre no número dos Meus servos! E entra no Meu jardim!” ( Surat al fajr)

“Ya ayuha al nafsu al mutmaina irji’i ila rabiki radian mardiya fadkhuli fi ‘ibadi wadkhuli janati”

Nosso nafs pertence a qual desses tipos?

Existe um quarto tipo de nafs, mas esse tipo não foi citado por Allah no Quran. Porque? Porque não mereceu ser citado. Que tipo de Nafs é esse? É o Nafs Al Ghafila, ou seja, o Nafs desatento. É aquele que não está levando nem para o bem nem para o mal. É aquele nafs que simplesmente vive, mas sem finalidade alguma na vida. Pensa que a vida é comprar uma roupa bonita, sair para uma festa, casar, ter filhos, trabalhar e ponto final. Acontece que o ser humano não foi criado com esse objetivo, mas ele está desatento para com o objetivo para o qual foi criado. Allah SWT disse no Quran:

“Temos criado para o inferno numerosos gênios e humanos com corações com os quais não compreendem, olhos com os quais não vêem, e ouvidos com os quais não ouvem. São como as bestas, quiçá pior, porque são displicentes.” (7:179)

Irmãos, nós somos de um desses tipos. Que nafs é o nosso?  Alguns podem ter mais de um tipo de nafs num mesmo dia. Por ex. Acordou com o nafs em paz, saiu na rua e seu nafs se transformou naquele que incentiva a fazer o mal, voltou pra casa e o nafs se transformou naquele que reprova a si mesmo.

Todos nós gostaríamos de ter o nafs al mutmainah (em paz) por isso a nossa aula de hoje é sobre o jihad contra o nafs.

Allah SWT disse no Quran:

“Pela alma e por Quem aperfeiçoou, E lhe imprimiu o discernimento entre o que é certo e o que é errado, Que será venturoso quem a purificar (a alma),E desventurado quem a corromper.”  (Shams)

Bom, como nós sabemos todo ser humano tem um qarin (acompanhante constante) dentre os shayatin (demônios) para incentivar a fazer o mal e um dentre os anjos para aconselhar o bem. Agora pode surgir uma dúvida: Como diferenciar se é o shaytan ou se é o meu nafs que está me levando ao haram? Pois bem, o Shaytan (que a maldição de Allah recaia sobre ele) procura os tipos de haram e mostra eles a você, lhe convidando e seduzindo a fazer o haram. Quando você por exemplo pensa em fazer um haram esse é o shaytan, então a forma de se proteger é dizer: “Audho billahi mina shaytan arajim” (Me refugio em Allah contra o demônio amaldiçoado). Mas agora quando você tem o desejo e a vontade de cometer um haram esse é o teu nafs.  Quando teu nafs está acostumado com o haram, fica dificil deixá-lo e aqui vem o jihad al nafs. Então jihad al nafs seria você tirar o teu nafs do haram.

Por exemplo, nós sabemos que no Ramadan os shayatin (demônios) ficam acorrentados, então porque mesmo assim as pessoas cometem haram? Porque o nafs é fraco, é acostumado com o haram e leva até ele. Ou seja, é um nafs ao qual nunca foi negado nada, entao essa pessoa se torna um escravo do seu nafs. Para que isso não ocorra você deve aprender a dizer não ao teu nafs e aqui vem o jihad.

Bom, nós já falamos do nafs, agora o que é Jihad? Jihad não significa somente lutar contra os inimigos de Allah com as armas. A palavra jihad significa literalmente esforçoNa terminologia islâmica Jihad significa o esforço do muslim para fazer com que a palavra de Allah seja elevada e estabelecer a Sua religiao na terra. Os  ‘Ulamah (Sábios) dividiram o jihad em 13 tipos. O Jihad al nafs é dividido em 4 tipos são eles:

1- O esforço para aprender os ensinamentos do Islam sem os quais não poderá atingir sucesso e felicidade neste mundo ou no Futuro; se ele deixar isso de lado que será sentenciado com a miséria neste mundo e no Futuro. Entao jihad para buscar conhecimento do Islam. Aprender o Quran, memorizar suras, ler ahadith, ler livros que explicam o islam, assistir aulas, etc.

2- Esforço para atuar conforme o que a pessoa aprendeu. Saber o islam sem agir, embora possa não causar dano, não vai trazer qualquer benefício.  Além disso lutar contra os desejos do nafs, se afastando deles e controlando o nafs.

3- Esforço para chamar  os outros ao Islam , ensinando e passando a eles o que eles não sabem, ou seja, a Da’wa ila Allah. Caso contrário a pessoa será considerada dentre aqueles que escondem o que Allah revelou de orientação e ensinamentos.

4- Esforço para agüentar as dificuldades pacientemente no chamamento das pessoas a Allah e os insultos das pessoas; agüentando tudo aquilo por causa de Allah.

Se uma pessoa conseguir reunir esses quatro tipos de jihad será considerada entre os Rabaniyin, e Allah SWT denomina de Rabaniyin aqueles que sao servos do Senhor, aqueles que estudam e ensinam o Livro. (Al Imran 79)

Jihad contra o Shaytan são de 2 tipos:

1) Repelindo as dúvidas que o shaytan colocam na nossa mente para tentar arruinar nossa fé, e esse primeiro tipo o jihad é conseguido com a certeza na fé que só vem com o conhecimento.

2) Repelindo o haram que ele te induz a fazer e te convida a fazer, e esse jihad só é conseguido com o sabr (paciencia).

Allah SWT disse no Quran:

“E designamos líderes dentre eles, os quais encaminham os demais segundo a Nossa ordem, porque perseveraram e se persuadiram dos Nossos versículos.”

Portanto a paciência repele os desejos e a certeza (al yaqeen) repele as dúvidas.

Depois vem o jihad contra os kafirin e os munafiqin (hipócritas) e esses são divididos em tipos: com o coração, reprimindo e odiando seus atos, com a língua, falando e demonstrando repúdio, com a riqueza, doando dos seus bens pela causa de Allah, e com as pessoas através da luta.

E por último o Jihad contra os lideres da opressão, da inovação e do haram, e esse jihad pode ser de 3 tipos:

1) Jihad atraves dos atos, impedindo um haram com as maos, se ela for capaz.

2) Se nao for possivel, Jihad com a língua, falando contra o haram

3) Se isso também não for possivel, jihad com o coração, repudiando e odiando o mal e o haram.

Esses são os 13 tipos de Jihad, quantos deles você pratica?  Irmãos aprendam o islam, estudem o islam, memorize o Quran, leiam Ridussalihin, estude a biografia do Profeta SAAS, ensinem as pessoas o islam, chamem as pessoas para Allah. O Profeta SAAS disse: “Divulgem o que aprenderam por mim nem que seja um versiculo”.  Entao qualquer um de nós que cumpra com algum desses tipos de Jihad é considerado um Mujahid pela causa de Allah.

 Quem foi a melhor das criaturas de Allah? O Profeta Muhamad SAAS. Porque? Porque ele preencheu na sua vida todos os tipos de Jihad e guiou e ensinou seus companheiros e seguidores a lutar contra o shaytan e seus egos, ensinou-os a serem mujahidin pela causa de Allah. Ensinou-os a tal ponto que o Profeta SAAS disse a um dos sahabah, Omar Ibn Khatab (segundo khalifah do islam): “Por Allah Oh Omar que quando você anda por um caminho o shaytan desvia e anda por outro”. Masha Allah, o jihad dele era tão firme que o shaytan temia a Omar e nao se atrevia a andar no mesmo caminho que ele.

Bom, nós falamos sobre o nafs e sobre o jihad separadamente. Agora vamos unir os dois, vamos falar do Jihad al Nafs. O Profeta SAAS disse aos sahabah quando voltaram de um batalha: “Nós voltamos do jihad menor para o jihada maior” Os sahabah disseram: “Há algum jihad maior do que o jihad contra os kuffar?” E ele SAAS respondeu: “Sim, o Jihad al Nafs”. Este hadith é considerado Daif (cadeia de transmissão fraca), mas sem sombras de dúvidas que o jihad contra o ego vem antes do jihad contra os kuffar.

Irmãos, jamais seremos crentes até que julguemos nossos próprios egos. Temos que parar todos os dias e julgar nosso proprio nafs, perguntando a ele sobre as nossas ações. Devemos perguntar ao nosso nafs: “Porque eu fiz tal coisa?”, “Qual foi a minha intenção ao fazer tal coisa?”, “O que eu fiz durante o dia?”. Faça o teu julgamento sobre o teu nafs e lute para obter sempre melhores resultados. Isso é a jihad al nafs.

Um dos Tabein (seguidores dos sahaba) disse: “Os inimigos do ser humano são 3: a dunia (a vida terrena), o shaytan (o demonio) e o nafs. Lutem contra a vida terrena não se apegando a ela, lutem contra o shaytan buscando refúgio em Allah e afastando as más idéias e intenções, e lutem contra o nafs com o jihad.”

Irmãos, aquele que não faz jihad contra seu ego e seus desejos é escravo do seu nafs. Allah SWT disse no Quran:

“Não tens reparado em quem toma por divindade os seus desejos? Ousarias advogar por ele?” (25:43)

Imaginem, no dia do juizo cada um seguirá aquilo que ele adotou como divindade, já imaginou audho billah você no dia do juizo seguindo os teus desejos e eles te encaminharem até o inferno. Isso porque nunca conseguiram dizer não ao seu nafs quanto aos seus desejos. Olhem a diferença daquele que é servo de Allah e aquele que é servo dos seus desejos, ou então servo da moda, ou então servo do dinheiro. Cada um toma por divindade aquele a quem ele obedece, se você obedecer a Allah em detrimento de obedecer ao teu nafs serás um servo de Allah, agora se obedecerdes o teu nafs em detrimento da obediência a Allah terá tomado por divindade os teus desejos.

Irmãos, nós temos que fazer jihad, lutar contra os desejos do nosso ego, nós temos que aprender nosso din, nós temos que nos firmar com as companhias que nos aproximem de Allah e nos afastar daquelas que nos afastam Dele, isso tudo é jihad, Allah SWT disse no Quran:

“Sê paciente, juntamente com aqueles que pela manhã e à noite invocam seu Senhor, anelando contemplar Seu Rosto. Não negligencies os fiéis, desejando o encanto da vida terrena e não escutes aquele cujo coração permitimos negligenciar o ato de se lembrar de Nós, e que se entregou aos seus próprios desejos, excedendo-se em suas ações.” (Al Kahf)

Se eu me enfurecer tenho que lutar contra meu nafs para que isso não aconteça, o Profeta SAAS disse: “O forte não é aquele que tem força física, mas aquele que controla seu nafs no momento de fúria.” Devemos dominar e governar o nosso nafs e não deixar ele nos dominar. Agora pare e se pergunte: Qual dos dois está dominando? Você ou seu ego?

Allah SWT disse no Quran:

“E aos que lutam por Nós, certamente, guia-los-emos a Nossos caminhos. E por certo Allah está com os benfeitores” (29:69)

Ou seja, aquele que lutar pela causa de Allah, lutar contra seu nafs será guiado por Allah, estará na senda de Allah, estará entre os amados de Allah. Por Allah irmãos que não há nenhum jihad que nós fizemos pela causa de Allah sem que Ele se aproxime de nós. Allah SWT disse: “Aquele que se aproximar de Mim um palmo Me aproximarei dele 2 palmos…”. Então se esforce pela causa de Allah e Allah facilitará teu caminho, mas primeiro precisa vir o teu jihad. Se você gosta de algo que é haram luta contra teu nafs e eduque ele para o halal e diga: Não! Aos teus desejo. Se você não consegue por o hijab, jihad irmas, luta contra teu ego e diga: “Não, eu seguirei a vontade de Allah SWT”. Esforcem-se e Allah facilitará o caminho.

Vejamos exemplos daqueles que lutaram contra seus nafs (egos):

 

Vejamos o exemplo de um companheiro do Profeta SAAS chamado Rabi’a que era empregado do Profeta SAAS.  Numa noite o Profeta SAAS chamou Rabi’a e disse-lhe: “Oh Rabi’a o que você gostaria?” Então ele respondeu: “Oh Mensageiro de Allah deixe-me pensar!” Qual era a idade desse sahabi? 17 anos. Então Rabi’a conta: “Comecei a pensar na vida terrena e suas belezas, mas então conclui: Não pedirei nada que não seja para a outra vida! Entao voltei até o Profeta SAAS e disse: “Oh Mensageiro de Allah peço-te a tua companhia no Paraiso!” E o Profeta SAAS disse: “Oh Rabi’a algo além disso?” E ele disse: “Não, só isso!”Então o Profeta SAAS disse: “Então me ajude contra teu nafs e aumente as tuas orações”. Irmãos essas palavras não são só para Rabi’a e sim para todos aqueles que querem a companhia do Profeta SAAS no Paraiso. Aumentem as orações voluntárias, viram o que o Profeta SAAS disse a ele: “Me ajude contra o teu nafs”.

Outro exemplo é o do sahabi Abdullah Ibn Rawaha. Na batalha de Mu’ta os inimigos lutavam cruelmente contra os muçulmanos que mantinham a bandeira islâmica para que com isso a batalha terminasse logo. Toda vez que alguém segurava a bandeira era morto, então outro pegava a bandeira antes que ela caisse e ficava no seu lugar. Até que então chegou a vez de Abdullah Ibn Rawaha segurar a bandeira e entrar a fundo na batalha, se ele pegasse de certeza morreria shahid. Então ele olhou a bandeira e pensou: pego a bandeira ou não? Então ele começou seu jihad contra seu nafs, começou a reprimir e encorajar seu nafs com palavras. Ele começou a dizer ao seu nafs: Juro por Allah que entrarás na batalha e se não entrares sua vida após isso será terrível. Qual é o teu problema oh nafs? Porque te vejo fugindo do Paraiso? Se não morreres agora de qualquer forma morrerás, e se morreres agora estarás bem guiada! Então nisso ele pegou a bandeira , então veio seu primo com um pedaço de carne lhe dizendo: “Pegue isso e descanse um pouco” faziam 6 dias consecutivos que eles estavam na batalha. Ele estava cansado, não pensem que para os sahaba as coisas eram mais fáceis, eles passavam pelo mesmo jihad que nós passamos hoje. Então ele pegou aquele pedaco de carne, comeu um pouco dele e disse: “Que é isso Oh Ibn Rawaha? Tu ainda estás nessa vida?” Então pegou a bandeira e lutou até morrer shahid. Entao o Profeta SAAS disse: “Vejo agora Ibn Rawaha no Paraiso!”.

Irmãos, vamos dizer o mesmo para o nosso nafs: Qual é o teu problema oh nafs? Porque te vejo fugindo do Paraiso?

Um dos Tabein dizia ao seu proprio nafs: “Oh nafs tu não és dos reis que tem todos os seus desejos nessa vida e nem dos verdadeiros adoradores que tem suas bênçãos na outra vida, onde estás então oh nafs?”

 

Irmãos temos que controlar nosso nafs até mesmo para com as coisas halal (permitidas). Málik Ibn Dinar entrou no mercado e viu um tipo de comida que ele gostava então ele comprou. Seguiu pelo mercado e viu outro tipo de comida que ele gostava e comprou. Depois viu um terceiro tipo de comida que ele gostava então ele disse: “Oh Nafs tenha paciência, não estou te proibindo isso por não gostar de ti, pelo contrário faço isso porque gosto de ti”. Olhem como ele educava seu nafs até mesmo com o halal.

Uma vez Omar Ibn Khatab viu um homem andando pelo mercado contando dinheiro para comprar algo. Então Omar perguntou a ele:“Porque você vai comprar isso?” Ele disse: “Porque eu quero isso!” Entao Omar disse: “E toda vez que você quer algo você compra?” Ele disse: “Sim”.Entao Omar tirou sua bengala e golpeou o homem. Ou seja, não serve isso, você chegar a tal ponto de comprar tudo aquilo que teu nafs te pedir, isso nao é certo.

Irmaos, devemos aprender a lutar contra nosso nafs, contra os nossos desejos, porque se seguirmos eles estaremos arruinados nessa vida e na outra. Devemos aprender a educar nosso nafs para o halal e mesmo no halal ser moderado. Vejamos por ex. Ali Ibn Abu Talebque na hégira dormiu no lugar do Profeta SAAS, quando o povo de Quraish havia planejado matar o Profeta SAAS. Vocês sabem qual era a idade dele nessa época? Ele tinha 20 anos. Se ele não fosse uma pessoa que lutasse constantemente contra o seu nafs jamais teria conseguido isso. Perguntaram a Ali como ele havia passado aquela noite e ele respondeu que havia sido a noite mais tranquila da sua vida. Agora um exemplo para as irmãs, na hégira do Profeta Muhamad SAAS ele e Abu Baker fizeram uma estratégia para que Quraish não descobrisse onde eles estavam, e se esconderam numa montanha chamada Thor. Asmah bint Abu Baker ficou encarregada de levar comida e água até eles, caminhava mais de 5 km por dia carregando água e comida, e inclusive subia nessa montanha para levar até eles. Qual era a idade dela? 23 anos e ainda estava grávida de 7 meses. Masha Allah, e nós não conseguimos fazer jihad contra nosso nafs para rezar o fajr, ou para fazer jejum voluntário, ou para deixar o haram. Olhem o exemplo dos sahabah e das shabiyat.

Mais um exemplo, Muhamad al Fáteh conquistou a Constantinopla (Istambul) e vocês sabem como ele conseguiu? Através de 1 hadith do Profeta Muhamad SAAS. Quanto tempo havia entre ele e o Profeta SAAS? 600 anos. Como foi isso? Ele ouviu um hadith no qual os companheiros do Profeta SAAS perguntaram: “Oh Mensageiro de Allah, qual dessas terras será conquistada primeiro: Constantinopla ou Roma?” O Profeta SAAS disse: “Constantinopla será conquistada primeiro e terá um exército abençoado e seu líder será abençoado.” Imaginem, ele era um jovem que ouviu esse hadith. Então o que ele fez?  Começou a correr atrás do conhecimento, memorizou todo o Quran, deixou o haram, lutou contra seu nafs e viveu pelo Islam, e então Constantinopla foi conquistada com suas mãos, e ele foi o líder abençoado ao qual o Profeta SAAS se referiu.

Irmãos o caminho de Allah precisa de jihad, nesse caminho o Profeta Nuh viveu 950 anos lutando contra o seu nafs e chamando as pessoas para Allah, o Profeta Yahiya foi assassinado, o Profeta Zakariya morreu serrado ao meio, O Profeta Ibrahim As foi jogado no fogo, o Profeta Muhamad sofreu e lutou toda sua vida por esse caminho, e nós agora queremos que o Islam venha até nós sem esforco nenhum? Vejam quantas pessoas sofreram e se sacrificaram para que hoje você fosse muslim.

Irmãos, nós temos que colocar um objetivo nessa vida. Por que você vive? Você foi criado para adorar a Allah. Nós não podemos viver nessa vida só para preencher nossos desejos porque assim perderemos essa vida e morreremos sem saber pq vivemos.  Portanto irmãos vamos colocar como meta na nossa vida viver pelo Islam, essa vai ser nossa meta daqui em diante, viver pelo Islam. Como assim? Tudo que nós formos fazer vamos pensar no Islam. Por ex. estudo na  faculdade portanto a minha meta é ser um exemplo do islam dentro e fora dela, vou mostrar meu orgulho de ser muçulmana firmando no meu hijab e me afastando das más companhias e das obscenidades. As irmãs que usam o hijab são vistas pelos não muçulmanos como o Islam andando na rua, portanto vejam a responsabilidade que nós temos quanto a isso, um mau comportamento seu pode ser a causa pela qual alguém tenha uma má imagem do islam, irmãs seremos cobradas por isso, portanto irmãs Jihad para se manter firme e longe do haram, jihad para deixar a vestimenta ocidental pela vestimenta que Allah nos prescreveu, jihad para ser um bom exemplo de conduta. Quanto aos irmãos jihad da mesma forma no trabalho, nos estudos, na vida em geral, jihad na Da’wa chamando os outros para Allah. Irmãos o Islam precisa de nós, nós temos que exaltar o islam e como iremos exaltá-lo? Praticando, lutando, se esforçando contra nós mesmos, procurando o conhecimento, estudem o islam, o Islam precisa de crentes com conhecimento e firmes na crença e nos atos. Portanto vamos colocar como meta: Viver pelo Islam, viver para exaltar o Islam, a religião de Allah SWT. Se nós fizermos isso, insha Allah estaremos entre os amados de Allah SWT e teremos alcançado a Satisfação Dele.

Ya Allah para Ti são todos os louvores e todo agradecimento, Alhamdulilah por teres nos guiado ao Islam, Alhamdulilah por teres nos encaminhado para a fé, Alhamdulilah pelo Quran, Alhamdulilah por teres no tirado da escuridão e nos levado para a luz. Ya Allah em ti cremos, em Ti confiamos e a Ti admitimos nossa fraqueza e nossos pecados, perdoa-nos por aquilo que cometemos no passado e pelo que cometeremos no futuro. Ya Allah firma-nos na fé e na orientação, e nos ajude a lutar contra nossos nafs, nos ajude a fazer a jihad pela Tua causa, ya Allah nos ajude na jihad atrás do conhecimento,  ya Allah nos ajude a colocar como meta na vida: viver pelo Islam e permita que a exaltação e a vitória do Islam venha através das nossas mãos. Ya Allah esse é o nosso Du’a e Tu és quem ouve a súplica daquele que Te suplica, com a Tua misericórdia aceite nosso Du’a! Allahuma Amin!

E que a paz e as bênçãos de Allah estejam com o Profeta Muhamad SAAS, e Louvado seja Allah Senhor do Universo.

FONTE

Maa Salama!

Anúncios