Tags

Salam

O penúltimo post sobre os Milagres do Alcorão  

O Alcorão sobre os mares profundos e ondas internas:

Deus diz no Alcorão

Ou (a afirmação dos descrentes) é como a escuridão no mar profundo. É coberta por ondas, sobre as quais existem ondas, sobre as quais existem nuvens. Escuridão, uma sobre a outra. Se um homem esticasse a sua mão, não poderia vê-la… (Alcorão, 24:40)

Esse versículo menciona a escuridão encontrada nos mares e oceanos profundos, onde se um homem esticasse sua mão, não poderia vê-la. A escuridão nos mares e oceanos profundos é encontrada em torno de uma profundidade de 200 metros e abaixo.

Nessa profundidade, praticamente não existe luz (veja figura 1). Abaixo de uma profundidade de 1.000 metros não existe luz alguma.Os seres humanos não são capazes de mergulhar além de quarenta metros sem o auxílio de submarinos ou equipamento especial. Os seres humanos não podem sobreviver sem ajuda na parte profunda e escura dos oceanos, como uma profundidade de 200 metros.

Figure 15

Figura 1: Entre 3 e 30 por cento da luz solar é refletida na superfície do mar. Então quase todas as sete cores do espectro de luz são absorvidas uma após a outra nos primeiros 200 metros, exceto a luz azul. (Oceanos, Elder e Pernetta, p. 27.)

Os cientistas descobriram recentemente essa escuridão através de equipamento especial e submarinos, que os capacitaram a mergulhar nas profundezas dos oceanos.

Nós também podemos compreender das seguintes sentenças no versículo anterior “…em um mar profundo. É coberto por ondas, sobre as quais existem ondas, sobre as quais existem nuvens…”, que as águas profundas dos mares e oceanos são cobertas por ondas e que sobre essas ondas existem outras ondas. É claro que a segunda camada de ondas são as da superfície que podemos ver, porque o versículo menciona que acima das segundas ondas estão as nuvens. Mas e sobre as primeiras ondas? Os cientistas descobriram recentemente que existem ondas internas que “ocorrem em interfaces de densidade entre camadas de densidades diferentes.”(Veja figura 2)

Figure 16

Figura 2: Ondas internas na interface entre duas camadas de água de densidades diferentes. Uma é densa (a mais baixa), a outra é menos densa (a superior). (Oceanografia, Gross, p. 204.)

As ondas internas cobrem as águas profundas dos mares e oceanos porque as águas profundas têm uma densidade maior que as águas acima delas. As ondas internas agem como ondas de superfície. Elas também podem quebrar, assim como ondas de superfície. As ondas internas não podem ser vistas pelo olho humano, mas podem ser detectadas pelo estudo da mudança de temperatura ou salinidade em uma certa localidade.  

Trecho do livro:“Um breve guia ilustrado para compreender o Islã”

Maa Salama

No próximo post o último dos milagres do Alcorão 


Anúncios