Tags

Salam!

Lendo o blog da irmã Aisha li um post muito interessante que gostei muito,o nome do post é : ” O Islam não me priva mas me acrescenta”.Eu gostei muito porque nesse post diz tudo o que eu e muitas muçulmanas sentimos,porém que muita gente não entende.

Quando digo que não posso sair,bebe,usar um bikíni,as pessoas me olham com uma cara de pena pensando que eu sou infeliz desse jeito,mas isso não é verdade.Pelo contrário,sou muito feliz assim.

Então vou colocar aqui o post da irmã que fala exatamente tudo o que eu penso.

O Islam não me priva mas me acrescenta

“Depois que me reverti teve muita gente que veio que me criticar. Não que essas críticas me abalem, muito pelo contrário, elas não fazem nenhuma diferença para mim, é algo indiferente. Uma coisa que eu tenho é opinião própria e não vão ser comentários de pessoas alheias que nada contribuem na minha vida que vão mudar minha opinião.

Eu quero deixar bem claro que a minha reversão pro Islam não me priva de coisas que eu realmente gostaria de fazer.
Tem gente que não entende por que uma adolescente brasileira que gosta de falar muito e sempre foi muito divertida resolveu mudar para uma religião que a priva de muitas coisas, dessa forma, não podendo aproveitar essa fase da vida.
Agora me diga o que mais eu tenho que aproveitar??
 É, você tem razão, eu não vou para festas e nem para bares. Isso me deixa triste? Não mesmo!!
Eu nunca gostei desse tipo de lugar, eu já tive que frequentá-los várias vezes, devido ao trabalho do ex-marido da minha mãe que trabalhava nesses tipos de lugares.
Eu me lembro que quando eu tinha 13 anos pedi para minha mãe me levar para uma boate de verdade, que eu queria conhecer. Eu fui com ela, o marido dela e uma amiga. Depois de 15 minutos passei mal e tive que voltar pra casa! rsrs

Realmente não gosto desse tipo de lugar que só tem gente bebendo, fumando, paquerando. Ahhh Isso me deixa maluca!! Além do que, me diga o que esses lugares têm a me acrescentar? NADA!

Ah, mas você não pode ter amizade com meninos do mesmo jeito que você tem com as meninas, isso é muito chato. Olha, eu sempre falei com muitos meninos, eles não eram amigos como as meninas, mas eu sempre falava muito com eles, principalmente na escola, já que eu tinha mais facilidade pra conversar com meninos do que meninas. Mas quer saber o que acontecia na maioria das vezes?? Os meninos não sabiam a diferença entre amizade ou outra coisa. Depois de um tempo eles começavam a gostar de mim e confundiam tudo, o que acabava fazendo com que eu me afastasse deles. Era muito chato quando na escola mais de um menino gostava de mim ao mesmo tempo! Eu ficava naquela situação complicada por que eu nunca gostei de nenhum desses garotos e não queria nada com eles além de amizade.Descobri que se eu me afastasse deles eu ia evitar esse tipo de situação, o que era muito melhor tanto para mim como para eles também.

Mas você gostava tanto de musica, teve que parar de uma hora para outra … é, eu gostava de musica, mas leve em consideração que as musicas que eu escutava não tinha nenhum conteúdo. As letras eram obscenas e os clips mais ainda! Eu gostava muito de musica Pop americana, mas vamos analisar as letras: da para eu levar alguma coisa de boa comigo?
Mas nem todas musicas têm letras imorais. Ok, isso é verdade. Mas para que eu escutava musica? Para me sentir feliz? Eu tenho Deus no meu coração será que isso não é o suficiente para minha felicidade? Mas se eu me sentir triste ou pra baixo posso muito bem escutar o alcorão ou nasheeds, isso já me renova. Antes eu não entendia , mas quando você está vivendo isso, você começa a enxergar que tem maneiras muito mais eficazes de levantar sua auto-estima. Musica já não me faz falta alguma. =D
Aisha, você nem pode namorar, é tão bom namorar na sua idade! Agora me diga para que eu tenho que namorar? Eu nunca namorei antes, aliás, nunca tive nenhum contato com um menino e isso nunca me fez falta!
Namorar só vai me desgastar, já que, na maioria das vezes, esse namoro não vai pra lugar nenhum, é apenas pura diversão. Sem levar em conta que quanto mais você namora, mais vontade de namorar da! Isso só vai me fazer sofrer além de tirar o meu valor, muitas vezes esses meninos não te respeitam. Eu não quero ser mais um objeto.Quando eu quiser um relacionamento sério, eu me caso, não preciso ter tido várias “experiências” anteriores ou ter “curtido”. Ué, eu não posso “curtir” com meu marido?

Você nem pode vestir as roupas que quer… quem foi que disso que eu não me visto como quero? Aliás, quem foi que disse que as muçulmanas não se vestem como elas querem?Acho que é meu direito não sair usando shorts, decotes, biquines. Eu me sinto feliz por sair sem a preocupação se o meu corpo está bom ou bonito para poder mostrar para os outros! O corpo é meu, eu não preciso saí mostrando ele pra todo mundo se eu não quero!É demais isso? Eu sou obrigada agora saí com “mini roupas” só por que é o mais comum aqui e todo mundo se veste assim?? Acho que não! =D Estou muito bem assim, obrigada !

Eu me sinto totalmente livre para fazer o que eu quero! E eu estou super feliz assim, como eu nunca fui antes. Antes eu me sentia pressionada para ser como os outros queriam que eu fosse, agora eu sou aquilo que eu quero ser!
Então não venha me dizer que o islam está me privando de fazer coisas , por que não está.
Eu me sinto feliz e completa assim, hamdulillah =D
Bom, é assim como uma adolescente revertida ao islam se sente (pelo menos eu me sinto), então não venha julgar e criticar sem saber!”

Link Original

Maa Salama!

Anúncios