Tags

,

Salam!!

Hoje trago um texto que fala sobre as boas maneiras islâmicas dentro da família.

BOAS MANEIRAS EM CASA

Difundir bondade em casa

‘Aishah (ra) disse: “O Mensageiro de Allah (saws) disse: ‘Quando Allah (swt) deseja um bem para com as pessoas de uma família Ele introduz a bondade entre elas’”. (Ahmad)

De acordo com um outro relato: “Quando Allah ama as pessoas de uma família, Ele introduz a bondade entre elas.” (Ibn Abi al-Dunya e outros)

Em outras palavras, eles começam a ser gentis uns com os outros. Este é um dos meios para se alcançar a felicidade em casa, porque a bondade é muito benéfica para os esposos e os filhos e traz resultados que não seriam obtidos por intermédio da aspereza ou severidade. Disse o Profeta (saws): “Allah ama a bondade e dá a recompensa de uma forma que Ele não dá na severidade ou em qualquer outra coisa.” (Muslim)

Ajudar a esposa no trabalho de casa

Muitos homens acham que o trabalho doméstico é desprezível para eles e alguns pensam que ele solapa sua condição e posição se ajudarem as esposas neste tipo de trabalho. O Mensageiro de Allah (saws), no entanto, tinha por hábito “costurar suas roupas, consertar seus sapatos e fazer qualquer outra tarefa que os homens fazem em casa”. (Ahmad) Isto era contado por sua esposa ‘Aishah (ra) quando perguntavam a ela sobre o que o Mensageiro de Allah (saws) costumava fazer em sua casa; sua resposta era a descrição do que ela tinha visto. Segundo um outro relato, ela disse: “Ele era como qualquer outro ser humano: limpava suas roupas, ordenhava sua ovelha e se servia.” (Ahmad)
Também perguntavam a ela (ra) sobre o que o Mensageiro de Allah (saws) costumava fazer em sua casa e ela dizia “Ele costumava servir sua família e, quando chegava a hora da oração, ele saía para rezar.” (Bukhari)

Se nós, os muçulmanos, fizéssemos o mesmo, hoje em dia, conquistaríamos três coisas:

  1. Estaríamos seguindo o exemplo do Profeta (saws);
  2. Estaríamos ajudando nossas esposas;
  3. Nós nos sentiríamos mais humildes e menos arrogantes.

Alguns homens exigem de suas esposas a comida imediatamente, quando a panela ainda está no fogo e o bebê grita para ser alimentado; ele não pega o filho ou espera um pouco para ser servido. Que este hadith seja um lembrete e uma lição!

Ser afetuoso e brincar com os membros da família

Mostrar afeto para com a esposa e filhos é uma das coisas que leva à criação de uma atmosfera de felicidade e amizade em casa. Por isso, o Mensageiro de Allah (saws) aconselhou Jabir (ra) a se casar com uma virgem dizendo “Por que você não se casa com um virgem, para que você brinque com ela e ela brinque com você e você a faça rir e ela o faça rir?” (Bukhari e Muslim)

O Profeta (saws) também disse: “Tudo aquilo em que o nome de Allah não é mencionado é frivolidade e brincadeira, exceto em quatro coisas: um homem brincando com sua esposa …” (al-Nisa’i, em ‘Ishrat al-Nisa’)

O Profeta (saws) costumava tratar sua esposa ‘Aishah (ra) afetuosamente quando os dois faziam ghusl, conforme ela (ra) disse: “O Mensageiro de Allah e eu costumávamos fazerghusl juntos de um vaso e ele fingia pegar toda a água para que eu dissesse ‘Deixe um pouco para mim, deixe um pouco para mim’” – e os dois estávamos em estado de janabah(impureza). (Muslim)

O modo como o Profeta (saws) mostrava afeto para com as crianças também é bastante conhecido para ser citado. Freqüentemente ele costumava mostrar sua afeição para com Hasan e Husayn. Talvez esta seja uma das razões pelas quais as crianças se alegravam quando ele voltava de viagem; elas corriam para recebe-lo, conforme relatado no hadith sahih: “Sempre que ele retornava de uma viagem, as crianças de sua família corriam para encontrá-lo”. Ele (saws) gostava de abraçá-las bem perto, como contou ‘Abdullah ibn Jafar (RA) “Sempre que o Profeta (saws) voltava de uma viagem nós saíamos para encontrá-lo. Um dia, nós o encontramos, Hasan, Husayn e eu. Ele carregou um de nós na sua frente e o outro em suas costas até entrarmos em Medina”. (Muslim)

Compare-se isto com a situação em alguns tristes lares, onde não há brincadeiras  sinceras (isto é, brincadeiras que não envolvam mentiras), afeto e compaixão. Aquele que pensa que beijar os filhos é contrário à dignidade da condição de pai deve ler o seguinte hadith de Abu Hurayrah (ra), que disse: “O Mensageiro de Allah (aws) beijava al-Hasan ibn ‘Ali e al-Aqra’ ibn Habis al-Tameemi estava sentado com ele. Al-Aqra’ disse:“Eu tenho dez filhos e nunca beijei qualquer um deles’. O Mensageiro de Allah (saws) olhou para ele e disse: ‘Aquele que não mostra compaixão não terá compaixão’”.

Fonte: http://sbmrj.org.br/Familia-boasmaneirasemcasa.htm

Maa Salama!

Anúncios