Tags

, ,

Salam!

Hoje trouxe um texto que fala sobre a obrigação do homem e da mulher dentro do casamento.

Obrigações do homem e da mulher dentro do casamento

O Islam, considerando as diferenças físicas e emocionais existents entre homem e a mulher, assinou a cada conjugue suas obrigações.

O marido é responsavel de manter a família, enquanto que a esposa é responsável pelos assuntos da casa. E mesmo que a esposa possuir um maior poder econômico que seu marido, sob nenhum ponto de vista tem a obrigacao de manter a família, mesmo que possa fazer-lo se assim desejar. O Islam não reconhece a dominação de um sexo sobre o outro.

A lei islâmica concede a mulher o direito a propriedade e a administração de seus próprios ganhos, logo depois do matrimônio, podendo compartilhar-las com seu marido ou não segundo sua própria decisão. Uma mulher muçulmana, casada ou solteira, é uma pessoa em plena faculdade de exercer seus direitos.

A lei Islâmica precede as modernas leis ocidentais em treze séculos, concedendo a mulher o direito a propriedade privada, mesmo logo depois do matrimônio. O esteriotipo de mulher muçulmana como eterna servente da casa, sem espiritualidade, nem personalidade, sem interesses a interesses pessoais, não tem nenhum sentido nas essencias islâmicas. Homens e mulheres são completamente iguais em termos de responsabilidade perante Allah (swt). Mesmo assim, iguais não significa « as mesmas responsabilidades ».

Mesmo que em prática, em uma casa muçulmana as mulheres realizam geralmente o trabalho doméstico, este não e um requisito legal, normalmente proveniente de que o marido é responsavel pelo sustento da familia. Os homens devem, mesmo assim, ajudar suas esposas nos afazeres domésticos, seguindo o exemplo do Profeta (saws) que ajudava suas esposas e inclusive remendava suas próprias roupas.

Homens e mulheres tem a obrigação de conribuir com a sociedade desenvolvendo suas atitudes e habilidades, sempre dentro dos limites traçados pelo Islam. A mulher cumpre com obrigações essenciais dentro da sociedade em educação, medicina, assistência social e religiosa. Durante a vida do Profeta (saws) as mulheres eram ativas contra o paganismo, participavam da atenção médica a enfermos, ensinavam a ler e escrever, e outras coisas. A’isha (ra), esposa do Profeta (saws), era erudita em jurisprudência islâmica.

Os esposos tem a responsabilidade de satisfazer suas necessidades sexuais entre si e não deve existir nenhuma relação extramatrimonial. O adultério e a fornicação não são só pecados sérios como também, perante a lei islâmica, um delito grave. A razão desta proibição é óbvia: a destruição da família como resultado do comportamento irresponsável do adúltero.

O Profeta (saws) desaconcelhou tudo o que pudesse lever a promiscuidade, dizendo: “A fornicação dos olhos e o olhar, a da língua e a palavra e a do pé e dirigir-se ao que Allah proibiu. » (Abu Daud 2152)

Fonte (Livro) : Aspectos da vida matrimonial no Islam
Autor :Muhammad Garcia
Editora : Islamic Internacional Publishing House (IIPH)

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=8987974&tid=5355701888870415508

Tradução: http://diariodehalima.wordpress.com/ – Halima

Bom,o texto está claro e mostra o quão o Islam é justo tanto com os homens e as mulheres.

Maa salama!

Anúncios