Tags

Assalamu Alaikum

Nesse post vou contar como descobri o Islam e decidi abraçar essa fé!

Tudo começou em outubro de 2003,onde eu não sabia quem eu era.Eu era católica de família praticante,sempre fui ligada a igreja,mas não acreditava 100% no catolicismo,não me sentia completa.Eu rezava sempre,acreditava em Deus, e ia sempre na missa,pois mesmo não acreditando muito,achava importante.

Eu nunca dei muita bola por não acreditar em tudo o que a igreja dizia,estava satisfeita,mas a partir de outubro de 2003,eu comecei a me questionar.Perguntava:quem é Deus pra mim?Como eu chego nele?E estava cheia de dúvidas,a igreja não me esclarecia.Como assim Deus é Jesus?Quer dizer que o nosso criador veio em forma de humano?Quer dizer que Deus viria em forma de criação?Adorar Jesus mais que Deus?Isso não me completava!Não entendia!(só pra deixar claro,não sou contra quem é católico,mas para mim isso não me completa,assim como o Islam não completa os católicos).

Um certo dia,rondando pelo youtube,achei um vídeo sobre o hijab e fiquei muito curiosa,decidi ver o tal vídeo.E para a surpresa,tinha gostado do vídeo!Achei muito interessante a ideia de mulheres se cobrindo pelo seu Deus!Até antes eu não sabia o que era Islam,no que acreditava,qual era sua base,a única referência que eu tinha sobre o Islam era o 11 de setembro,mas isso não ajudava muito.

Fiquei curiosa e fui estudar esse tal de Islam,Islamismo,Islã ou Islão! A primeira coisa que fui fazer foi procurar no Wikipedia,aprendi que o Islam era monoteísta,acreditava em Deus Uno,mas isso não foi suficiente,fui atrás de mais informação!

Fui ler blogs,e esses sim me ajudaram!Achei sites sobre o Islam,comecei a falar com muçulmanos e cada vez me sentia mais atraída,mais encantada.Comprei livros sobre o Islam,e posteriormente a biografia do Profeta Muhammad(que a paz e as bençãos de Deus estejam sobre ele).Depois de meses de estudo,tinha decidio:iria me converter oa Islam!!

Quando descobri o Islam,em outubro de 2003 tinha 18 anos,mas decidi me converter em março,ja tinha meus 19 anos.Mas,a minha maior dificuldade era:como iria contar para a minha família  que é totalmente católica e praticante?Não seria uma tarefa fácil,e não foi.

Mas,eu tinha que contar,então…vamos lá! Contei primeiro pra minha irmã mais velha.Ela sempre foi minha amiga e sempre me entendeu.Senti que antes de contar para os meus pais,precisava de um apoio e minha irmã era pessoa ideal.

Contei pra ela.Ela ficou um pouco assustada.Falou ” pra que você vai se vestir daquele jeito?”Ela demorou um pouco pra entender,mas no fim viu que era aquilo que me deixava feliz,e disse que me apoiaria.Então,fui falar com o meu pai.Meu pai sempre foi muito compreensivo,isso me deixava melhor.Então eu contei.Expliquei tudo,tudinho mesmo.Falei bastante e bem devagar.Queria que ele entendesse de o porquê daquilo,e queria que ele visse que era importante pra mim. Ele ficou atônito.Ele dizia “mas você sempre foi na igreja,porque disso agora?” Ai eu explicava que nunca me senti 100% completa e ele ficava “mas porque você não disse antes?” Ele não ficou revoltado,ele ficou pensativo e um pouco triste.Então ele me disse ” não esperava isso de você e confesso que preferia que você continuasse católica,mas de você se sente bem eu aceito,afinal a sua felicidade é que importa”.Nessa hora quase chorei,aquilo me abalou,ele me aceitou,não me julgou,e ele é meu pai,portanto sua aprovação era importante.Agora faltava minha mãe,a parte mais difícil.

Minha mãe sempre foi católica fervorosa .Missa todo domingo!Bíblia,ela lia todos os dias!Fui falar com ela,estava muito nervosa,mas tinha a aprovação do meu pai e da minha irmã e isso me deixava um pouco melhor.Disse que tinha que falar com ela,que era uma coisa importante e que iria levar tempo.Ela ja foi perguntando “você não ta grávida né menina?Não me venha com essa!” Na hora eu ri e disse que não.

Dei uma longa introdução,preparei-a bem,e então sem pensar muito falei :”mãe eu quero ser muçulmana”.Ela ficou uma estátua,ficou pensando,de boca aberta e disse “como?”.Então eu comecei a falar e ela ja foi interrompendo brava,falando alto “muçulmana?O que?Nada disso?vai abandonar Jesus?Como?Vai deixar ele?Não!Eu não vou deixar”!Tentei explicar para ela que eu não ia deixar ninguém,só iria acreditar de uma maneira diferente,mas ela não quis me ouvir,levantou-se e me deixou.Fiquei muito abalada,chorei.Eu nesse época ainda morava com meus pais.Minha irmã ja morava sozinha,então ela me convidou pra passar uns dias na casa dela,até tudo passar.

Eu aceitei e fiquei 3 semanas la,sem falar com minha mãe.Meu pai e minha irmã tentavam convencer minha mãe,mas nada adiantava.Até que,para minha surpresa,campainha da casa da minha irmã tocou,era minha mãe,e ela queria conversar.Ela chegou,sentou,e foi falando.Falou que não tinha sido compreensiva,não tinha sido uma boa mãe e que tinha errado.Disse que ela aceitaria minha religião seja ela qual for.Disse que por mais que ela não concordasse com a minha religião,era dever dela como mãe aceitar.E ela aceitou.

Voltei a morar com meus pais,tava tudo muito bem,fazia faculdade, ja era muçulmana,tudo calmo. Minha mãe decidiu ir um dia comigo a mesquita pra ver como era.Fiquei feliz,ela tava tentando conhecer o meu ambiente.Chegando lá,ela foi super bem recepcionada,ela gostou de vestir o véu,e gostou de tudo o que viu. Ela tava aceitando cada vez mais minha religião.8 meses ja tinham se passado e minha mãe cada vez mais próxima do Islam.Ele ia sempre a mesquita comigo.Até que 1 ano e 1 mês depois da minha conversão,minha mãe disse,para a minha felicidade: “eu vou me converter ao Islam!”

Nossa,que dia feliz!Talvez o segundo dia mais feliz da minha vida!O primeiro foi o dia da minha conversão!Pulei!Gritei,fiz uma festa haha.Nunca pensei que minha mãe ser converteria!Então fomos a mesquita fazer sua shahada,eu estava la,e vi tudinho,foi lindo!Minha mãe passou a usar o véu e ir na mesquita comigo.Abraçou a fé por completo!

E hoje 6 anos depois estou aqui!Casada.Minha mãe continua firme,e vivo muito muito muito feliz com as bençãos de Deus!

Beijos a todos!

Anúncios