Tags

, ,

Salaam

Hoje vou falar um pouco sobre a alimentação dos muçulmanos.O que podemos e não comer e porque.

O que é halal

A palavra halal significa “permitido”,ou seja o que se pode fazer,o que se pode consumir,o que se pode ver,o que se pode ler,o que se pode vestir…Essa palavra não usada apenas para a comida,mas para tudo.O antônimo de halal,ou seja o que NÃO é permitido é haram que significa proibido.

Exemplo: Bebida alcoolica é haram (proibido) e leite é halal (permitido).

E há ainda o que é Mushbooh,que é aquilo que é “duvidoso” ou “suspeito”.Se um muçulmano não sabe se a comida é halal ou haram a comida passa a ser “mushbooh”.Uma coisa Mushbooh não é algo proibido,mas deve ser evitado,pois é duvidoso,não é 100% seguro.O certo é evitar esse tipo de comida.

Isso é halal

1-Leite (de vacas, ovelhas, cabras ou camelas).

2-Mel.

3-Peixe.

4-Plantas que não são intoxicantes.

5-Legumes frescos ou congelados em natura.

6-Frutas frescas ou secas.

7-Leguminosas como amendoim, nozes, castanhas, etc.

8-Grãos como trigo, arroz, painço, milho, aveia, etc.

Isso é haram

1-Suínos e seus derivados.

2-Sangue e derivados do sangue.

3-Animais carnívoros.

4-Répteis e insetos.

5-Animais Halal que não foram abatidos de acordo com a Lei Islâmica.

6-Animais abatidos em nome de outro que não seja Deus.

7-Os corpos de animais mortos ou que foram mortos antes do abate normal.

8-Álcool e intoxicantes como vinho, álcool etílico, licores, etc…

Isso é Mushbooh

1-Gelatina.

2-Enzimas.

3-Emulsificantes.

4-Banha e outras gorduras animais.

5-Glicerol/glicerina, etc…

A carne

Todo tipo de carne é halal,exceto a carne suína,répteis,insetos e corpos de animais mortos.

No Quran diz:

“Ele somente proibiu-vos o animal encontrado morto, o sangue, a carne de suíno e tudo que tenha sido degolado sob a invocação de outro nome senão o de Allah…” (Capítulo 2, Versículo 173)

“São-vos proibidos o animal morto (que morreu de morte natural), o sangue, a carne de porco, os animais que foram degolados sob a invocação de outro nome fora de ALLAH, os animais estrangulados até à morte, os mortos por espancamento, os mortos devido à queda ou dilacerados e mortos por chifres, os devorados (despedaçados) por um animal carnívoro, excepto os que são degolados ritualmente ainda com vida. São-vos proibidos também os animais sacrificados para os ídolos.” (Capítulo 5, Versículo 3)

A carne do porco é expressamente proibida e descrita como imunda e impura, pois o porco vive na imundicie, dela se alimentando, pelo que o Islam nos proíbe tudo o que seja sujo e não higiênico.O ácido gorduroso, a composição da gordura de porco, é incompatível com a gordura humana e sistemas bioquímicos.Ou seja,o porco faz mal a saúde por isso é haram no Islam.

O sangue é proibido também.Sangue fresco ou coagulado. O consumo de sangue seja de que animal for é Harám, pois este contém organismos causadores de várias doenças. Tais organismos circulam no sangue sem que o corpo manifeste qualquer sintoma da doença, daí que seja prejudicial consumir sangue. Igualmente, a carne que contenha muito sangue constitui um perigo potencial de contracção de doenças causadas por organismos contidos no sangue.

O sangue tirado dos animais contém bactérias prejudiciais, produtos de metabolismo e toxinas. Daí que o método a usar no abate do animal para consumo humano deve permitir o dreno total do sangue nele existente. Um dos efeitos prejudiciais no consumo de sangue e da carne rica em sangue é psicológico, pois tal pode induzir a uma psicose carnívora e, por consequência, a um comportamento antropófago e violento.

Animais mortos de forma que seu sangue não tenha saído na totalidade. Os animais que morrem por causas naturais são universalmente considerados como ilícitos ou impróprios para o consumo humano. Os animais podem também morrer devido a doenças ou ao comer plantas venenosas, sendo por isso impensável considerar a carne desse tipo de animais para alimentação.

Aves com unhas aguçadas que recorrem às suas garras para caçar ou rasgar as suas presas (aves de rapina), como falcões, águias, mochos, abutres, etc. As aves que não recorrem às suas garras para caçar e que alimentam-se de grãos, como por exemplo, a galinha, o pato, o pombo, o peru ou o avestruz, são Halal.

Os que não têm sangue, como mosca, aranha, escorpião, formiga, piolho, gafanhoto, etc.). Exceptuando o gafanhoto que é Halál, todos os outros são Haram.

Os que têm sangue, mas que não é corrente (cobra, lagartixa, osga, etc.), todos eles são Haram.

Os que têm sangue corrente, como o rato e a toupeira, que escavam a terra vivendo debaixo dela, esses são Haram. Deste grupo exceptua-se o coelho que é Halal. Os animais que têm sangue corrente e que se alimentam de ervas e grãos, não rasgam com os seus dentes nem caçam, sejam eles domésticos ou selvagens, são Halal; por exemplo, o cabrito, o camelo, o boi, o carneiro, o búfalo, a gazela.

Animais como bovinos, ovelhas, cabras, veados, alces, galinhas, patos, etc., também são Halal, mas devem ser Zabihah (abatidos segundo o Rito Islâmico).E é sobre esse abate que vou falar agora

Abate à moda islâmica

Existem requisitos rigorosos a obedecer para o abate de animais:

a) O animal deve ser da categoria Halal.

b) O animal deve ser abatido por um Muçulmano( de preferência sim,mas pode ser judeu ou cristão)

c) O nome de Allah deve ser pronunciado no momento do abate;

d) O abate deve ser feito cortando o pescoço num certo ponto, abaixo da glote e a base do pescoço, de modo que o animal tenha morte rápida. O esófago deve ser cortado juntamente com a veia jugular e a artéria carótida. A corda espinal não deve ser cortada e nem a cabeça deve ser cortada completamente. e) Existem outras condições que também devem ser observadas. Estas incluem dar um tratamento adequado ao animal, o uso de uma faca bem afiada, etc. Estas condições garantem que haja um bom tratamento ao animal antes, durante e depois do abate.

A partir do exposto está claro que ambos a Fé e o exato método são condições essenciais para o abate Islâmico de animais corretamente.

A obrigação de pronunciar o nome de ALLAH antes de degolar um animal serve para enfatizar a santidade da vida e o fato de que toda a vida pertence a ALLAH. Se um Muçulmano omitir intencionalmente o pronunciamento do nome de ALLAH no abate do animal, será considerado Haram mesmo se as veias e artérias exigidas tiverem sido cortadas (Capítulo 6, Versículo 121 anteriormente mencionado).

Contudo, se o abatedor tiver tido a intenção de mencionar o nome de ALLAH, mas devido ao esquecimento tiver omitido, o animal será, neste caso Halal. Pronunciar oTassmiyah ou apenas ‘BISSMILLAH’ também se traduz em sentimento de carinho, compaixão e serve para prevenir a crueldade.

O abate para que o animal sofra menos,afinal animais são também criaturas de Deus.

A carne só é halal se for abatida a moda islâmica(exceto a carne de porco e dos animais citados a cima.Frutos do mar são considerados halal mesmo sem o abate a moda islâmica.

Fontes

http://ptislam.webnode.com/news/halal-ou-haram-parte-1/

http://ptislam.webnode.com/news/halal-ou-haram-parte-2/

http://dantas.editme.com/files/islamsessao4/halal_e_haram.1.htm

Sugestão de leitura sobre o assunto

http://www.amulhernoislam.com/2009/11/abate-moda-islamica.html

Maa Salama!





About these ads